Como fazer uso da Lavanda e aproveitar todas as suas propriedades terapêuticas.

Atualizado: 17 de Set de 2019

Existem poucos aromas no repertorio olfativo que evoquem a sensação de limpeza, como no caso da lavanda. Esta planta medicinal muito popular no mundo inteiro e relatada desde a antiguidade em inúmeras formulações para uma infinidade de usos. Talvez seu uso mais corriqueiro é como sedativo natural que pode ajudar com ansiedade, estresse, tensão, cansaço, irritabilidade e insônia. É frequentemente usada em tratamentos de depressão, pois tem efeitos mais imediatos em comparação com muitos dos antidepressivos tônicos de ação mais lenta. É de uso tradicional para dores de cabeça, podendo-se usá-la através da ingestão de chá das suas flores ou de forma tópica esfregando um óleo essencial nas têmporas associada a respiração profunda e pausada por algumas repetições (inspire pelo nariz até inflar a barriga e calmamente como apagando uma vela expire) . Por ser ligeiramente amarga, muitas pessoas a usam como um estimulante hepático e das vias biliares. A versatilidade desta planta faz seu uso em maneiras bem diversas como auxiliar nos tratamentos de acne, asma, celulite, cicatrizes, cólica, eczemas, edemas, fadiga, dor de dente, dores comuns, halitose, infecções em geral, queimaduras, reumatismo, sarna, tosse, vertigem e infecções vaginais graças a suas propriedades comprovadas em estudos científicos com efeito analgésico, antibacteriano, antiespasmódico, antifúngico, anti-inflamatório, antisséptico, carminativo, diurético, sedativo e tônico digestivo. É uma erva segura, para crianças e idosos, pode ser usada no tratamento de gases, síndrome do intestino irritável e náuseas.A lavanda também demonstra ótimos resultados contra a difteria, febre tifoide, pneumonia, estafilococo, estreptococo e muitas variações do vírus da gripe, na medicina alternativa o liquido é usado inclusive para limpeza bucal. Na aromaterapia, é amplamente usada como calmante e tradicionalmente se recomenda uma gota do óleo essencial da lavanda na extremidade do travesseiro de crianças e adultos para uma noite de sono pleno e repousante. Amplamente usada em saboaria, sachês e banho. O óleo essencial diluído em massagem pode melhorar músculos doloridos, edema, reumatismo e celulite. Usado na pomada para eczema e psoríase. É frequentemente acrescentada à fórmulas de perfumes e cremes corporais.O óleo essencial diluido ou a planta fresca podem ser esfregados no corpo, servindo como repelente. O óleo essencial pode ser usado topicamente no local de mordidas venenosas como picadas de abelha, mosquitos, aranha viúva-negra e aranhas-marrons, vespas e cobras. óleo essencial de LAVANDA é um poderoso aliado para ajudar a mudar padrões rígidos de pensamento, que levam a sequência de comportamento auto destrutivo.O óleo essencial de LAVANDA atua na opressão, angústia, ajuda na expressão daquilo que está preso dentro do coração. Pode ser usado diluída em um óleo vegetal carreador e aplicada em massagens corporal e aplicada nas plantas dos pés , em banhos aromáticos, sprays e difusores. pessoais e ambientais . Forma de preparo para diversos usos Compressa com a tintura mãe de lavanda Ingredientes: diluir 1 colher de chá de tintura em 2 xícaras de água e aplicar com gaze ou tecido de algodão sobre o local afetado durante 10 minutos, 3 a 5 vezes por dia.  Compressa fria - hemorragia dos membros , edemas e para aliviar dores em caso de feridas. Compressa quente - espasmos dolorosos, cólicas biliares, gástricas e renais, cólicas menstruais, furúnculos e abcessos, bronquites, asma e inflamações articulares. Para dores de cabeça esta compressa é bem indicada na região frontal , ou uma gota do óleo essencial em cada tempora massageando e em seguida faça o seguinte exercício respiratório: Inspire profundamente, para sentir o aroma da lavanda penetrando no seu corpo e em seguida exale. Observe a pausa que ocorre entre uma respiração e outra... Repita o exercício pelo menos umas cinco vezes. Cataplasma Ingredientes: Chá bem forte da lavanda ou tintura mãe diluida, farinha de milho ou mandioca. Modo de fazer: Chá ou tintura diluida Misturar com a farinha e cozinhar até formar uma papa. Colocar entre 2 panos e aplicar sobre a parte afetada. Outra forma eficaz é o cataplasma de argila (barro) que ao inves de usar a farinha se usa a argila. Usar pelo menos duas vezes ao dia até diminuir os sintomas . Pomada - Ingredientes: uma xicara de substâncias gordurosas ( manteigas vegetais :cacau, cupuaçu, Karité,) uma xicara de flor de lavanda ou a tintura (uma colher de sopa), uma colher de sopa de Cera de carnauba . Etiqueta Modo de fazer: Lavar, secar, picar e socar as flores da lavanda Juntar a manteiga escolhida ( karité) e deixar apurar em banho-maria até as flores perderem a cor ( aproximadamente 30 minutos) , tirar do fogo coar e colocar a cera. também derretida, mexer bem até esfriar. Envasar e etiquetar. efeito harmonizante, rejuvenescedor, analgésico e anti-séptico. Usar em casos de queimaduras, dores reumáticas e musculares, relaxante e hidratante. Tintura é feita com os seguites Ingredientes– 100 gramas de flores de lavanda ou popularmente .alfazema– 500 gramas de álcool a 70 ° (álcool vendido em farmácia) alcool de cereais ou Vocka– Marinar as flores de lavanda em álcool durante 21 dias em vidro esterelizado e bem fechado , em local fresco e escuro, agitando 1 a 2 vez ao dia pelo menos .– Filtrar a mistura e armazenar em um frasco bem fechado e longe do calor.Como usar a TinturaA tintura deve ser tomada oralmente sempre que existir sintoma . As doses recomendadas de tomar é de algumas gotas a 1 colher de chá da tintura (5 ml) diluída em um copo de água, 2 a 3 vezes por dia. A tintura deve ser sempre armazenada em local fresco e arejado e o seu prazo de validade varia entre 6 e 12 meses.  Pode ser usada em preparações onde não temos a planta fresca. (pomadas, cataplasma, compressas, vinho, etc..) - Uso externo :Esfregue a tintura de lavanda na área dolorida. Dor muscular ou articular e tambem Cuidados: A tintura por conter álcool é contraindicada para crianças, durante a gravidez e período de amamentação e também para pacientes com problemas no fígado ou que estejam tomando medicação controlada.  Vinagre Aromático Ingredientes - 1 litro de vinagre de maça , Coloca-se um ramo de lavanda desidratada dentro do recipiente e completa com vinagre, vedar bem. Deixar em local escuro pelo menos 3 semanas . para enxaguar os cabelos ou amaciar no enxague das roupas. - Vinho Medicinal - Geralmente usado como fortificante, ou tônico digestivo. Ingredientes: vinho tinto de boa qualidade, flores de lavanda,, 1/2 xicara de calda de acucar mascavo. Modo de fazer: Lavar, secar, picar e socar a lavanda. Colocar em um vidro grande acrescentando o vinho e a calda. Deixar descansar no sol por 48 horas. Após coar e guardar em garrafas. Tomar um pequeno calice apos a refeição. -Xarope- para gripes e tosse. . Ingredientes: 1/2 xicara de água, uma mão de flor de lavanda ou 5ml de tintura, uma mão de folhas de guaco, uma xicara de açúcar. mascavo Modo de fazer: lavar, secar e picar as plantas. Juntar com o açúcar e a água e deixar ferver com a panela tampada até dar ponto de xarope (como mel recém colhido). Tirar do fogo e deixar amornar com panela fechada. -


Medicina Chinesa (MTC):Planta utilizada para aliviar calor e fogo. Erva refrescante que tonifica o yin do coração, fígado e pulmão. Elimina agitação do vento interno causado por fatores emocionais. Atua nos canais do Coração, Fígado e Pulmões. Seus elementos predominantes são a Madeira e o Fogo. Ayurveda:A erva reduz Vata e Pitta e agrava Kapha. Sua rasa é amargo. Sua virya é fria e a vipaka é picante.


219 visualizações

©2019 por Armazém Fruto da Terra.  Imagens são de autoria de Armazém Fruto da Terra e estão protegidas pela lei de direitos autorais