Alecrim QT cineol (Rosmarinus officinalus)

Atualizado: 18 de Set de 2019

O alecrim (planta nativa do mediterrâneo) estava prontamente disponível e sua presença na medicina popular ao longo dos séculos não causa surpresa alguma. Porque é, também, uma das ervas mais poderosas em forma de óleo essencial do planeta. O alecrim tem diversos usos na culinária, mas é muito mais do que apenas isto.


O Rosmarinus officinalus, seu nome cientifico,era uma substância sagrada para quase todos os povos antigos, incluindo egípcios, hebreus, gregos e romanos.


O alecrim é uma planta cujas folhas tem um cheiro forte e fazem parte da família do hortelã. Em pesquisas recentes tem sido demonstrado o seu poder de aumentar o fator de crescimento de nervos e dar suporte à cura de tecido neurológico melhorando assim a função cerebral. Esta planta e seus ramos tem sido usados na medicina popular há milhares de anos para:Melhorar a memória; Melhorar problemas digestivos; Aliviar dores musculares e dores de uma forma geral.Mas recentemente, tornou-se um ingrediente popular em muitos produtos para uso cosmético (pele e cabelo) devido às suas propriedades antissépticas.


E os pesquisadores estão começando a investigar mais fundo as suas propriedades medicinais que sempre foram aproveitadas pela sabedoria medicinal das gerações passadas.Perfil Nutricional do AlecrimO Alecrim tem um alto valor ORAC (Oxygen Radical Absorbance Capacity – que é a capacidade de absorção dos radicais oxigenados, ou seja, é um método para quantificar a capacidade antioxidante de uma amostra). O ORAC do alecrim é de 3300. Ele tem o mesmo poder antioxidante do goji berry, por exemplo.


A substância química principal responsável por este processo antioxidante no alecrim é o carnosol, um diterpeno fenólico que, também, é encontrado em uma planta chamada Sálvia Pachyphylla (Mountain Desert Sage). Além de ser um poderoso antioxidante, o carnosol, também, é conhecido por suas propriedades anti-câncer e antinflamatórias, que ajudam a explicar porque o óleo essencial de alecrim é tão potente.


De acordo com um recente artigo publicado na revista Cancer Letters o carnosol foi avaliado para propriedades anti-câncer na próstata, mama, pele, leucemia e câncer de cólon com resultados promissores! (1) Também foi descoberto que o uso do carnosol em células alvo além de reduzir a inflamação, também, pode:Equilibrar androgênio e estrogênio no organismo; Baixar o DHT (Di-hidrotestosterona) melhorando o crescimento do cabelo e a saúde da próstata; Reduzindo o risco de câncer;Aumentando o fator de crescimento nervoso curando o tecido do nervo. Segundo os pesquisadores, "Ele tem uma toxicidade seletiva para as células cancerígenas em comparação com células não carcinogênicas e é bem tolerado quando administrado em animais." Em outras palavras, o carnosol age como um franco-atirador militar que atinge apenas o alvo inimigo e não danifica as células circunvizinhas ao câncer, como a abordagem quimioterápica, que mata tudo ao seu redor.


O Alecrim Pode Tratar o câncer? Embora só termos estudos in vitro (células em uma Placa de Petri), pesquisadores sugerem que o óleo essencial de alecrim pode ajudar a prevenir e tratar uma variedade de tipos de células cancerígenas. Dos 30 compostos no óleo essencial, há alguns principais: alfa-Pineno, borneol, camphene, cânfora, verbenone (classificado como um terpeno) e acetato de bornilo.


Curiosamente, não parece que qualquer um desses compostos é responsável pela habilidade antitumoral do alecrim. As pesquisas atualmente sugerem que é a sinergia da interação deles que dão ao óleo essencial de alecrim o seu verdadeiro efeito medicinal. O estudo sugerido foi publicado na revista Molecules (2) depois de avaliar in vitro atividades antibacterianas e propriedades toxicológicas do óleo essencial de alecrim comparado com alfa-Pineno, beta-Pineno e 1.8-cineol. De acordo com o estudo, o óleo essencial de alecrim possui similares atividades antibacterianas de um alfa-Pineno e um pouco melhor do que beta-Pineno, enquanto 1.8-cineol possui as mais baixas atividades antibacterianas. O óleo essencial de alecrim apresentou a mais forte citotoxidade para três células cancerígenas humanas. No citado estudo, em linhas gerais o óleo essencial de alecrim mostrou maior atividade do que seus componentes em ambos os sistemas de testes antibacterianos e anticancerígenos e as atividades foram principalmente relacionadas as suas altas concentrações.


Quatro Benefícios Favoritos do Óleo Essencial de Alecrim Juntamente com a excitante perspectiva de redução do crescimento do câncer e da redução do processo inflamatório, o alecrim tem efeitos que são úteis para nossas necessidades mais rotineiras. Aqui estão 4 maneiras que o alecrim exibe suas forças em nossa vida cotidiana. Crescimento Capilar quando aplicado sobre o couro cabeludo o Óleo Essencial de Alecrim ajuda a estimular o crescimento do cabelo. Muitas pessoas, também, afirmam que ele pode prevenir a calvície, retardar o aparecimento dos fios grisalhos, e pode ser usado para tratar a caspa e ressecamento do couro cabeludo. Depois de testar uma loção capilar que ele patenteou, Francesc Casado Galcerá, descobriu que uma mistura de lúpulo, alecrim e Swertia era capaz de resultados notáveis como:Crescimento de novos cabelos em até 22%; Rápido crescimento do cabelo; Aumento da microcirculação do couro cabeludo o que promove uma melhora da saúde do mesmo; Cabelos mais macios; Retenção de cabelo com menor incidência de perda após a lavagem e escovação.Inclua o óleo essencial de alecrim em fórmulas de shampoo e condicionador, feitos por você mesmo, para melhorar a saúde do couro cabeludo e o crescimento do cabelo.Melhora da Memória“There's rosemary, that's for remembrance. Pray you, love, remember.” (Há alecrim, isto é para lembrança. Reze, amor, lembre-se" (Ophelia, Hamlet, 5. iv. - Shakespeare).O alecrim é conhecido como a “erva da memória” por séculos. Estudiosos gregos o usavam ao fazer exames para ajudar a recordar informações importantes. E alusões à melhora da memória tem sido recitadas em poesias ao longo dos tempos.


O Jornal Internacional de Neurociência publicou um estudo que confirmou esses efeitos na ciência recentemente. Mais de 140 participantes foram reunidos para o estudo conduzido pela Universidade de Northumbria, Newcastle.


A Aromaterapia incluindo alecrim e lavanda, bem como um grupo de controle foi utilizado para aferir o desempenho cognitivo. Considerando a lavanda e suas habilidades calmantes, “a lavanda produziu uma significante diminuição do desempenho da memória de curto prazo e tempo de resposta prejudicada em tarefas baseadas em memória e atenção”; Por outro lado, como um estimulante da memória, “o alecrim produziu uma significante melhoria no desempenho da qualidade geral da memória e dos fatores de memória secundários. ” E

Em outras palavras, a lavanda fez os participantes sentirem-se relaxados e complacentes, enquanto o alecrim aumentou o estado de alerta e provocou melhora da memória. (3) Há estudos conduzidos com alecrim em relação à doença de Alzheimer. Em um desses, publicado na revista Psychogeriatrics(4) avaliaram os efeitos da Aromaterapia em 28 idosos que sofriam de demência, com a maioria, também, diagnosticada com a doença de Alzheimer. Foram dadas a eles inalações de alecrim e limão pela manhã e lavanda e laranja à noite. Através de vários testes e formas de análise, os pacientes mostraram significativa melhora na orientação pessoal sem quaisquer efeitos colaterais deletérios.Desintoxicação do Fígado e Vesícula BiliarA função primária do fígado é desintoxicar o corpo, e com tais níveis pesados de toxinas a que nos expomos diariamente, algumas vezes precisamos de uma ajudinha. O uso tradicional de alecrim inclui alívio digestivo e gastrointestinal (5). Juntamente com o apoio do fígado, o alecrim torna-se um fantástico desintoxicante. Isto tem sido confirmado em estudos conduzidos na Índia, onde se observou que ajudava o corpo a aumentar a produção da bile e melhorar os níveis de enzimas hepáticas.

Quando estes processos estão inibidos, o metabolismo da gordura e da desintoxicação, também, são inibidos e os riscos para o diabetes tipo II aumentam. Com um apropriado funcionamento do fígado, vesícula biliar e sistema gastrointestinal, os nutrientes são prontamente absorvidos e as toxinas liberadas, trazendo equilíbrio e bem-estar a todo o corpo.Redução dos Níveis de CortisolA Faculdade de Odontologia da Universidade Meikai no Japão conduziu um estudo que monitorou os níveis de cortisol na saliva depois de apenas cinco minutos de inalação de óleo essencial de alecrim e lavanda. Vinte e dois voluntários participaram e ambos os óleos essenciais tiveram excelentes resultados.


Não somente o “hormônio do estresse” foi significativamente reduzido, mas as atividades de eliminação de radicais livres, também, aumentaram (6). Ao observar que ambos os óleos essenciais melhoraram a atividade de eliminação de radicais livres, eles, também, descobriram que os níveis de cortisol foram reduzidos, e isto protege o corpo de doenças crônicas causadas pelo estresse oxidativo.Melhores Formas de Usar o Óleo Essencial de Alecrim:Como você pôde observar a partir das pesquisas, o óleo essencial de alecrim é eficaz e seguro para uso em uma variedade ampla de ações terapêuticas.


Quando se trata de implementá-lo em seu cotidiano de saúde natural, recomendamos as seguintes receitas:Melhorar a Memória – Misture 3 gotas de óleo essencial de alecrim com 1/2 colher de chá de óleo de coco e massageie na parte superior do pescoço ou use em um difusor 1 hora por dia. Para Ter Cabelos Mais Bonitos – Coloque 5 gotas de óleo essencial de alecrim com 1/2 colher de chá de óleo de coco e aplique no couro cabeludo e massageie após lavar os cabelos ou use no seu shampoo caseiro. Saúde da Próstata – Misture 2 gotas de óleo essencial de alecrim com 1/2 colher de chá de óleo de coco e massageie embaixo dos testículos. Reduzir a Dor – Misture 2 gotas de óleo essencial de alecrim com 2 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta e 1 colher de chá de óleo de coco e massageie em lesões musculares ou articulações doloridas. Melhorar a Função da Vesícula Biliar – Misture 3 gotas de óleo essencial de alecrim com 1/4 de colher de chá de óleo de coco e massageie sobre a área da vesícula biliar 2 vezes ao dia. Curar Neuropatia e Neuralgia – Misture 2 gotas de óleo essencial de alecrim, 2 gotas de óleo essencial de Immortelle (helichrysum), 2 gotas de óleo essencial de cipreste com 1/2 colher de chá de óleo de coco e massageie sobre a área da neuropatia. Aromaterapia – Adicione 5 gotas ao seu difusor favorito e inale o aroma por 1 hora. Suplementação na dieta – Dilua 1 gota de óleo essencial de alecrim em uma colher de chá de mel ou óleo de coco. Uso culinário – A próxima vez que sua receita pedir por alecrim, adicione 1 ou 2 gotas para experienciar uma explosão celestial de sabores. Aplicação tópica – Desfrute de suas propriedades antioxidantes e antissépticas na pele, mas não se esqueça de dilui-lo em óleo de coco, amêndoa ou jojoba antes de aplicar na pele.Nota: Também é recomendável que você não use em crianças com menos de 4 anos de idade. Para as crianças, recomendamos que você considere o uso do óleo de olíbano para várias condições. Certifique-se de que você consulte seu pediatra antes de torná-lo parte da rotina dos seus filhos.Referências Bibliográficas: (1) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21382660 (2) http://www.mdpi.com/1420-3049/17/3/2704?trendmd-shared=0 (3) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12690999 (4) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20377818 (5) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10641130 (6) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17291597 http://draxe.com/rosemary-oil-uses-benefits/ http://drericz.com/4-rosemary-essential-oil-benefits-and-u…/




33 visualizações

©2019 por Armazém Fruto da Terra.  Imagens são de autoria de Armazém Fruto da Terra e estão protegidas pela lei de direitos autorais