Usos para o Óleo Essencial de Cipreste

(Cupressus sempervirens)

Óleo Essencial De Cipreste

Este poderoso óleo essencial é valorizado pela sua capacidade em combater infecções, fortalecer o sistema respiratório, combater varizes, eliminar toxinas do corpo, e trabalhar como um estimulante, o que alivia o nervosismo e a ansiedade.

A Cupressus sempervirens é considerada uma árvore medicinal com muitas características botânicas especificas.

De acordo com uma pesquisa publicada na BMC Complementary & Alternative Medicine, estas características especiais incluem, tolerância à seca, correntes de ar, poeira trazida pelo vento, granizo e gases atmosféricos.

A árvore do cipreste tem também um sistema radicular bem desenvolvido e a capacidade de prosperar tanto em solos ácidos como alcalinos.

Os ramos jovens, caules e folhas em forma de agulhas, são destilados a vapor e o óleo essencial tem um aroma purificante e energizante.

Os principais constituintes do cipreste (Cupressus sempervirens) são o alfa-pineno (α-Pineno), careno e limoneno.

O óleo é conhecido pelas suas capacidades estimulantes e propriedades antissépticas, antiespasmódicas, antibacterianas e antirreumáticas.

Cura de feridas e infecções

Se procura uma forma rápida e natural de curar um corte ou ferida, tente o óleo essencial de cipreste. As qualidades antissépticas presentes no óleo de cipreste são devidas à presença de canfeno, um componente importante da planta.

O óleo trata feridas externas e internas, e previne infecções.

Um estudo publicado em 2014 no Complementary & Alternative Medicine mostra que este óleo possui propriedades antimicrobianas que inibe o crescimento de bactérias.

O estudo realizado observou que o composto pode ser usado como um ingrediente cosmético no fabrico de sabão devido à sua capacidade de matar as bactérias presentes na pele.

Ele é também usado para tratar feridas, espinhas, pústulas e erupções cutâneas.

Trata cãibras musculares

Devido ás qualidades antiespasmódicas do óleo, que inibem os problemas associados aos espasmos, tais como câimbras musculares, é eficaz no alívio da síndrome das pernas inquietas (doença de Willis-Ekbom), uma condição neurológica caracterizada por palpitações e espasmos incontroláveis nas pernas. De acordo com o National Institute of Neurological Disorders and Strokes, a síndrome das pernas inquietas pode levar à dificuldade em adormecer e à fadiga durante o dia. As pessoas que lutam com esta condição muitas vezes têm dificuldade de concentração e não conseguem realizar algumas tarefas diárias.

Quando usado topicamente, o óleo reduz os espasmos, aumenta a circulação sanguínea e alivia a dor crônica.

É também um tratamento natural para o síndrome do túnel cárpico, já que reduz efetivamente a dor associada a esta condição. A síndrome do túnel do carpo é uma inflamação que dá origem à compressão do nervo mediano quando passa pelo túnel do carpo, localização na base do pulso (punho). O túnel que contém os nervos e liga o antebraço à palma da mão e aos dedos é muito pequeno, ficando facilmente propenso ao inchaço e à inflamação causada pelo uso excessivo, alterações hormonais ou artrite. O óleo diminui a retenção de líquidos, uma causa comum da Síndrome do túnel carpal; estimula o fluxo do sangue e reduz a inflamação.

Também melhora a circulação, dando-lhe o poder para eliminar as cãibras, bem como as dores. Algumas dores surgem devido ao acúmulo de ácido láctico, que é eliminado com as propriedades diuréticas do óleo de cipreste, aliviando assim o desconforto.

Elimina Toxinas do corpo

Pode ser usado como diurético natural, ajudando o corpo a eliminar as toxinas existentes dentro do organismo. Além disso, aumenta a produção de suor e a transpiração, permitindo que o corpo elimine rapidamente as toxinas, excesso de sal e água. Este benefício pode ser benéfico para todos os sistemas do corpo, impedindo o desenvolvimento de acne e outras doenças da pele que surgem devido à acumulação de toxinas.

As propriedades diuréticas do cipreste ajudam ainda a limpar o fígado e a melhorar os níveis de colesterol naturalmente. Um estudo conduzido em 2007 pelo National Research Center in Cairo, Egito, descobriu que os compostos isolados presentes no composto, incluindo o cosmosiin, ácido caféico e o ácido p-cumárico (C9H8O3), apresentam atividade hepatoprotetora. Estes compostos isolados reduziram significativamente a transaminase glutâmico oxalacética (TGO), a transaminase glutâmico pirúvica, os níveis de colesterol e os triglicéridos, enquanto que causaram um aumento significativo no nível de proteína total quando administrado em ratos.

Promove a coagulação do sangue

O cipreste tem o poder de parar o fluxo de sangue em excesso e promover a coagulação do sangue. Isto devido à suas propriedades hemostáticas e adstringentes. O óleo leva à contração dos vasos sanguíneos, o que estimula o fluxo de sangue e promove a contração dos músculos, pele, folículos pilosos e gengivas.

As suas propriedades adstringentes permitem que ele aperte os tecidos, e fortaleça os folículos pilosos, tornando-os menos propensos a cair.

As propriedades hemostáticas presentes no óleo param o fluxo de sangue e promovem a coagulação deste quando necessário. Estas duas qualidades benéficas trabalham juntas na cura de feridas, cortes e feridas abertas.

É por isso que o composto também é útil na redução do fluxo menstrual excessivo; e servir como um tratamento natural para miomas e endometriose.

Problemas Respiratórios

O cipreste alivia o nariz entupido e elimina catarro que se acumula nas vias respiratórias e pulmões. O óleo acalma o sistema respiratório e funciona como um agente antiespasmódico, no tratamento de condições respiratórias ainda mais graves como a asma e bronquite. O composto atua ainda como um agente antibacteriano, dando-lhe a capacidade para tratar infecções respiratórias causadas pelo Sobre crescimento bacteriano.

Um estudo realizado em 2004 publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry descobriu que um dos componentes presentes no óleo de cipreste, chamado canfeno, inibiu o crescimento de nove bactérias e leveduras avaliadas no estudo, tornando-se uma alternativa mais segura aos antibióticos, que podem levar a efeitos colaterais prejudiciais, como a síndrome do intestino permeável e perda de micro-organismos probióticos.

Desodorante Natural

O Óleo essencial de cipreste tem um aroma suave, picante e masculino que eleva o espírito e estimula a felicidade e energia, tornando-o um desodorante natural maravilhoso. Ele pode facilmente substituir os desodorantes sintéticos devido ás suas propriedades antibacterianas – impedindo o crescimento de bactérias e odor corporal.

Você pode até adicionar cinco a 10 gotas do composto no produto para a limpeza da casa ou detergente para a roupa.

Ele deixa as roupas e superfícies livres de bactérias e um cheiro super fresco. Podendo ser particularmente reconfortante durante o inverno, uma vez que estimula o sentimento de alegria e felicidade.

Alivia a ansiedade

Tem efeitos sedativos, e induz uma sensação de calma e relaxamento quando usado aromaticamente ou de forma tópica. Também é um energizante maravilhoso, e estimula o sentimento de felicidade, proporcionando tranquilidade e Bem-Estar. Este benefício pode ser particularmente útil em pessoas que estão passando por estresse emocional, que têm dificuldade em dormir, ou sofreram algum choque ou trauma recente.

Para usar o óleo essencial como um remédio natural para a ansiedade e nervosismo, adicione cinco gotas de óleo a um banho de água quente ou a um difusor. Pode ser especialmente benéfico difundir o óleo à noite, próximo da cama, para tratar a agitação e os sintomas de insônia.

Tratamento Natural para Varizes e Celulite

Devido ás capacidades estimulantes do fluxo sanguíneo, ele age como um remédio caseiro para varizes. As varizes, também conhecidas como veias varicosas e veias de aranha, ocorrem quando é colocada pressão sobre os vasos sanguíneos ou veias – resultando no acúmulo de sangue e inchaço das veias. De acordo com o National Library of Medicine, esta situação pode ser causada pela existência de paredes das veias enfraquecidas ou pela falta da pressão exercida pelos tecidos das pernas, que permitem que as veias transportem o sangue com maior facilidade. Esta ocorrência aumenta a pressão localizada no interior das veias, levando-as a esticar e aumentar. A aplicação tópica do óleo essencial de cipreste ajuda o sangue existente nas pernas a fluir mais facilmente para o coração.

O composto pode também ajudar a reduzir a aparência da celulite, que é o aspecto de casca de laranja ou aquele aspecto de queijo cottage nas pernas, bumbum, barriga e atrás dos braços.

A celulite é um problema que surge frequentemente devido à retenção de líquidos, má circulação, deficiência de colágeno e aumento da gordura corporal. Sendo um diurético de excelência, o composto ajuda o corpo a eliminar o excesso de água e sal que pode levar à retenção de líquidos. Ele também estimula a circulação, aumentando o fluxo de sangue.

Use-o topicamente para tratar varizes, celulite e qualquer outra condição que seja causada por má circulação, como as hemorroidas por exemplo.

Como usar o óleo essencial de cipreste

É seguro usar o óleo aromaticamente e de forma tópica. Ao aplicá-lo sobre a pele, é melhor dilui-lo com um óleo transportador (carreador), como o óleo de coco ou de jojoba, antes de aplicar na pele. Aqui estão algumas formas de usar este óleo essencial maravilhoso na sua vida cotidiana:

Aromaterapia

Coloque 5 a 7 gotas no difusor para criar um equilíbrio emocional em sua casa ou no escritório, para obter um efeito calmante e energizante, e ajudar em situações de ansiedade e inquietação.

Aplicação Tópica

Para aplicação tópica, dilui-se o óleo a 0,05% com um óleo transportador (carreador), para tratar a artrite, síndrome das pernas inquietas, cãibras, asma, bronquite, tosse, síndrome do túnel do carpo e perdas de sangue excessivas durante a menstruação. Basta esfregar a mistura de óleo na área afetada; podendo ser feito 2-3 vezes ao dia, dependendo das suas necessidades.

Para reduzir o aparecimento da celulite, veias varicosas, feridas, cortes ou incisões, aplique 2-3 gotas na área a tratar.

Adicione 5 gotas a um banho de água quente para tratar doenças respiratórias. Também pode diluir o óleo de cipreste a um óleo transportador (carreador) e aplicar a mistura no peito para funcionar como a pomada descongestionante Vick Vaporub.

Para reduzir o catarro, adicione 3 a 5 gotas em água fervente, coloque uma toalha sobre a cabeça e inale o vapor durante 5 a 10 minutos.

Para desinfetar a casa, adicione 5 a 10 gotas ao detergente de limpeza ou a uma mistura de água para pulverizar sobre cortinas, lençóis e sofás.

Também pode adicionar 1 a 2 gotas ao calçado, casacos e outros revestimentos, para prevenir o crescimento bacteriano e odor corporal.

Para cuidar do cabelo e da pele, adicione 1 a 3 gotas ao Shampoo neutro, condicionador ou produto neutro de limpeza de rosto.

É perfeito para uma limpeza profunda, e extraordinariamente benéfico para a pele e cabelo devido às suas propriedades antimicrobianas.

Este óleo combina bem com o óleo de lavanda, bergamota, cedro, camomila e ylang ylang.

Todos estes óleos têm propriedades sedativas, podendo ser calmantes e relaxantes quando usados de forma aromática ou tópica.

Misture os seus óleos favoritos, e adicione-os a um banho de água quente ou óleo de massagem.

Quando usado topicamente ou aromaticamente, parece ser seguro e não tóxico.

Deve ser evitado durante a gravidez, e não existem pesquisas suficientes que validem a sua segurança para uso em crianças.

Certifique-se de realizar um teste de alergia antes de usar o óleo de cipreste diretamente sobre a pele.

É mais seguro diluir o óleo de cipreste com um óleo transportador (carreador) antes do uso tópico.



124 visualizações

©2019 por Armazém Fruto da Terra.  Imagens são de autoria de Armazém Fruto da Terra e estão protegidas pela lei de direitos autorais